Promessas e orações.

PDFImprimirE-mail

Qualquer um de nós quando se sente pressionado busca uma saída. Tem alguns e a grande maioria não confessa, faz promessas e orações esperando que apareçam as soluções.

 

O mais incrível, entretanto é que alcançada a graça ou realizado o desejo, a promessa é esquecida.

Tanto que dizem as más línguas que alguns devem uma vela para cada santo.

 

E também não incomum se saber que as pessoas voltam a cair na mesma enrascada que acabaram de sair quem sabe até com a ajuda de algum santo.

 

E aí... Bom, brigam e reclamam com o santo.

 

Mas esqueceram de pagar a promessa e deixaram que mais uma vela caísse na relação de suas dívidas.

 

Os mais crentes garantem que se a gente fizer uma promessa e não pagá-la depois, deixa o santo zangado e este volta a colocar a pedra no caminho do devedor. Até que pague a promessa. Mas o problema é depois lembrar o que foi que prometeu! E que não adianta rezar prá ele de novo não, até pagar a promessa que deve. Pelo jeito podemos descobrir que o SPC dos santos, funciona muito mais que os da terra.

 

Existem ainda aqueles que colocam todos seus problemas nas mãos de Deus. Ele que decida o que achar melhor. Mas coitado Dele! Com tanta gente deixando seus problemas em suas mãos, dizem que às vezes se passa no atender alguém.

 

Mas também, convenhamos não? Tudo Ele! Tudo Ele! Tem também aquela história de que os santos passam a Ele as relações de dívidas dos maus pagadores.

 

E pelo jeito, aí então, sem solução.

 

Talvez seja por isso que os políticos jamais fazem suas promessas aos santos, mas só a nós. E nós também a eles, mas mudamos de ideia na hora de votar. E assim, podemos dever uma vela em cada esquina, que não dá nada. Aliás, esta dívida nem são eles que se esquecem de pagar, mas nós que deixamos de cobrar.

 

Qual a conclusão?  Melhor ficarmos devendo entre nós mesmos! Porque dever para os santos... Pode dar problema, sim! E como diria o outro.

 

Não há reza que cure!

 

A partir desta semana, se soma aos nossos parceiros o Jornal Hora Extra, de Goiânia e Morrinhos, 10 mil exemplares com distribuição gratuita em Brasília e cidades da região centro sul de Goiás. Um abraço a todos. Antonio Jorge Rettenmaier, Cronista, Escritor e Palestrante. Esta crônica está em mais de noventa jornais impressos e eletrônicos no Brasil e exterior.  Contatos, Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

  • Sete ?Informatica
  • Teste Direita
  • Teste Direita 02
Joomla