• cavalcante.png
  • itumbiara.jpg
  • rioAraguaia.jpg
  • salto_corumba.jpg

Crianças reféns - escândalo internacional

2.300 crianças foram arrancadas de seus pais e colocadas em gaiolas como parte do mais novo e doentio jogo político de Trump . Entre elas, dezenas são brasileiras.

 

Após um escândalo internacional, Trump disse que vai parar de separar as famílias, mas isso não muda a situação das que já foram afastadas.  

Essas crianças-reféns foram trancadas em gaiolas, que ficam sob luz intensa 24 horas por dia. Elas gritam "Mamãe!" e "Papai!", mas os funcionários dos centros de detenção são proibidos de encostar nelas para lhes dar um pouco de conforto. A maioria não tem advogados para liberta-las.  

Mas podemos ajudá-las agora: se 50 mil pessoas doarem nas próximas 48 horas, podemos garantir que as crianças arrancadas de suas famílias tenham um advogado que trabalhe para libertá-las e reuni-las com seus pais. Depois, vamos trabalhar dia e noite para acabar com essa política horrenda que permitiu esse horror.  

Doe o que puder para ajudar a libertar as crianças-reféns de Trump -- as arrecadações serão imediatamente transferidas a grupos trabalhando na fronteira para representar as crianças e reuni-las com suas famílias. Depois, a Avaaz atuará por todo os EUA: 

Allison Johnson - Avaaz <Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.>